Pensamentos em Palavras

Só mais um blog na internet…

Da verdade e da mentira.

Posted by Rafa de Souza em 19/06/2009

Estava eu curtindo meu resfriado e escutando The Police, quando me deparo com o seguinte:

“Vamos lá, cara, dê o braço a torcer e admita. Eu sei. Sim, eu sei que a verdade deveria ser a nossa melhor melhor amiga, que mentira tem perna curta, que faz crescer o nariz, que destrói a confiança que as pessoas depositam em você. Tudo isso é público e notório, não dá para escapar. Sim, é verdade. Mas pensa bem: você já parou para pensar em quanta coragem é necessária para se falar a verdade? E em como nós somos (ou vamos nos tornando) covardes com o passar do tempo? Não faz mal admitir. Não é feio nem arranca pedaço. Para encarar a verdade, velho, tu tem que ter as manhas.”

http://papodehomem.com.br/gato-agua-fria-verdade-e-covardia/

Me fez pensar…

Vejam bem:  escutar a verdade dói, e as vezes dói muito.  É muito mais fácil escutar mentiras o tempo todo – a verdade é que descobrir as mentiras é o problema, mas tudo ao seu tempo… – e pode-se viver muito bem assim: vivendo de ilusões e se nutrindo delas incansavelmente. O problema é que algumas pessoas – e me incluo nesse grupo – teimam em tentar encontrar essa bendita verdade.

Dá pra imaginar o quanto dói ver todas as suas ilusões ruirem uma a uma? Dá pra imaginar o sofrimento que isso causa? O pior de tudo é que não é algo que se possa controlar. Digo, não é algo que faço – ou façamos… não sei… melhor falar agora só por mim  – porque quero, mas sim porque não consigo me contentar em saber que posso estar acreditando em mentiras. Isso me lembra de uma frase, que julgo ser de Montaigne, que diz: “filosofar é aprender a morrer”. Ainda que eu esteja fazendo o autor se revirar no túmulo por estar soltando uma frase disperça para usar do jeito que me agrada, acho que é bem por aí: filosofar, buscar a verdade, é tão sôfrego que nesse processo aprendemos a morrer, nos acostumamos a morrer junto com cada mentira que matamos. Ou quem sabe devesse dizer “filosofar é aprender a sofrer”, já que descobrir a verdade é tão mortificante que causa um dos piores sofrimentos, se não o pior:  o mental.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: